Regulamentação definitiva do Teletrabalho avança no TJMG

Regulamentação definitiva do Teletrabalho avança no TJMG

Enquanto no MPMG, o SINDSEMPMG segue cobrando reiteradamente a regulamentação definitiva da modalidade

Enquanto a minuta da resolução que regulamenta o teletrabalho no Judiciário mineiro para magistrados e servidores avança no Órgão Especial (OE) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o SINDSEMPMG segue na luta pelo atendimento da pauta de reivindicações dos servidores junto à PGJ. No dia 13 de julho o sindicato enviou ofício ao PGJ cobrando este e outros pleitos não atendidos.

Segundo publicado pelo SINJUS na última quarta-feira (14/07), “a matéria [teletrabalho] chegou a ser aprovada pela maioria dos membros do colegiado, mas o julgamento definitivo foi adiado devido a pedido de vista do corregedor-geral de Justiça, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo, que pretende analisar com mais calma o texto referente aos magistrados”.

A implementação do regime e as regras para os servidores já tem o aval do corregedor-geral: “Durante a sessão, o corregedor-geral antecipou que está de acordo com as regras listadas para os servidores. O adiamento ocorreu porque a regulamentação do teletrabalho de magistrados e servidores estão no mesmo ato normativo, impossibilitando a deliberação em separado”.

Apesar do adiamento, a pauta segue adiantada no TJMG e será julgada já na próxima sessão do colegiado.

Enquanto na PGJ...

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDSEMPMG

Com informações do SINJUS

Publicado em 21/07/2021 às 12:48

Compartilhar

Notícias relacionadas