ESQUECI MINHA SENHA FILIE-SE

Notícias / Parceria de consulta previdenciária continua em 2018

 

Parceria de consulta previdenciária continua em 2018

 

O convênio fechado no ano passado com o advogado especialista em Direito Previdenciário Abelardo Sapucaia permanece valendo para os servidores filiados ao SINDSEMPMG. Lembrando que a avaliação é somente para os sindicalizados que não foram atendidos em 2017, para esses é preciso esperar 12 meses para nova consulta.

 

A consulta previdenciária é gratuita e atesta sobre a situação profissional e as perspectivas de aposentadoria do servidor no MPMG. O convênio com o sindicato abrange os seguintes procedimentos:

 

1. Orientação sobre a melhor hipótese de aposentadoria no caso atual e em caso de aprovação da Reforma da Previdência;

2. Conferência de previsão de aposentadoria feita pelo MPMG;

3. Orientação sobre averbação de tempo;

4. Outras dúvidas que o servidor venha a ter sobre a sua situação previdenciária. 

 

Agendamento

Os servidores do interior e da Capital que desejarem atendimento deverão enviar e-mail para juridico@sindsempmg.org.br os seguintes dados: nome, MAMP, data de nascimento, data de ingresso no MP, contracheque atual e as dúvidas que tiver sobre a situação previdenciária.

 

Demais procedimentos e regras serão repassados para os servidores agendados.

 

Casos não cobertos pelo convênio

O atendimento gratuito limita-se a solução de dúvidas e orientação de procedimentos a serem adotados. 

 

Caso o sindicalizado tenha interesse na realização de um estudo sobre sua situação laboral completa e os reflexos previdenciários, bem como deseje a realização de cálculos e a adoção de procedimentos administrativos específicos pelo especialista, os custos serão do requerente.

 

A fim de reduzir os custos para os servidores filiados, o convênio realizado com o advogado prevê valores especiais para os nossos sindicalizados.

 

Em caso de dúvida sobre o que está ou não coberto pelo convênio, entre em contato pelo e-mail juridico@sindsempmg.org.br.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDSEMPMG

 


Publicado em 02/02/2018 às 13:40