Notícias / Reunião da Diretoria Colegiada do SINDSEMPMG define atuação para 2018

 

Reunião da Diretoria Colegiada do SINDSEMPMG define atuação para 2018

Dirigentes traçaram medidas visando prevenir prejuízos, garantir o cumprimento de direitos e implantar novas conquistas

 

Diretores, conselheiros e delegados regionais do SINDSEMPMG reuniram-se no dia 03/02 para traçarem as medidas necessárias à defesa da categoria. O objetivo da direção sindical é organizar ações para combater ameaças – como a perda da Previdência e estabilidade do servidor público –, garantir a efetivação de direitos que já estão há muito tempo paralisados – como a evolução da carreira e remoções –, bem como alcançar a efetivação de pleitos conquistados com muita luta – como é o caso do auxílio-saúde, que aguarda encaminhamento de projeto de lei à ALMG e foi objeto de acordo da longa greve finalizada em janeiro de 2016.

 

Além das lutas de classe, marcou ainda o encontro a discussão a respeito do financiamento das atividades sindicais, a partir da entrada em vigor da Lei da Reforma Trabalhista, que retirou a obrigatoriedade do recolhimento anual chamado “Imposto Sindical”. Com o início da nova regra, criou-se um cenário de grande instabilidade para as entidades, em nível nacional, estadual e municipal. Devido o não recolhimento dessa contribuição, o Sindicato terá aproximadamente 40% de redução em sua receita. Para tratar desse assunto, ficou definida a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária da categoria, no dia 28 de fevereiro. A AGE será descentralizada, de forma que os servidores possam participar das discussões e votar nas comarcas que serão previamente definidas nas delegacias regionais. Será feita convocação antecipada nos termos do estatuto e divulgação das localidades para que os interessados se organizem. Fiquem atentos!

 

Demandas

No que se refere às demandas imediatas, está sendo aguardada uma reunião nos próximos dias com o Procurador-Geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, onde será feita a cobrança de todos os temas que têm afligido os servidores, quer seja pela demora no atendimento dos diversos pleitos, quer seja em razão das incertezas que vêm nos assolando nos últimos anos.

 

O objetivo da reunião é obter do PGJ um calendário de trabalho visando atender as demandas financeiras emergenciais, como as promoções e progressões atrasadas (horizontais e verticais), votação da data-base 2017 na ALMG e encaminhamento do PL de auxílio-saúde. Além disso, temas como assédio moral, retorno dos editais de remoção para analistas e oficiais, teletrabalho e outros, serão colocados em pauta.

 

Reforma da Previdência

O Governo está tentando obter os 308 votos necessários para aprovar a Reforma que, na prática, destrói o sonho da aposentadoria, tanto na iniciativa privada quanto no serviço público. Além das ações concentradas em Minas Gerais junto aos nossos deputados federais para que votem contrariamente à medida, o Sindicato está convocando os servidores para lutarem juntos contra a proposta em Brasília. Juntamente com outros sindicatos, federações, confederações e centrais, estão sendo disponibilizados ônibus para transporte de Belo Horizonte para Brasília. A saída está inicialmente prevista para ocorrer no dia 18, domingo, já que o Governo pretende iniciar a votação no dia 19. Caso haja mudança no calendário da Câmara dos Deputados, os sindicatos mudarão também a data de saída e retorno da viagem.

 

Participem da luta em defesa da sua aposentadoria!

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDSEMPMG

 

 

 


Publicado em 06/02/2018 às 13:04

Comentários (0)

Realize o login para fazer novos comentários

Seja o(a) primeiro(a) a comentar